Existência Frágil

Mas nós achamos normal

Se minha mochila bater em alguma parede enquanto anda provavelmente meu laptop vai quebrar.

É isto a famosa obsolescência programada?

É uma estratégia de marketing para aumentar o lucro de empresas de manutenção?

Não. Eles são frágeis pois nossa individualidade está dentro de uma delicada proteção de cristal, como a rosa de A Bela e a Fera.

Não confunda Fragilidade com Delicadeza. Podemos e devemos ser delicados, se necessariamente nos fragilizarmos, fragilizarmos o outro ou fragilizarmos a conexão, o Nós.

Existem inúmeras razões para que as conexões e as pessoas estejam neste estado, e nossos aparelhos são o resultado de um mundo baseado na fragilidade, de um "é melhor não tocar senão pode quebrar".

Eis aí um reforço da fragilidade: A do objeto e o sentimento de incapacidade de consertar diante de uma eventual quebra de nossos artefatos.

Se os artefatos quebrarem, teremos de sair de nossa redoma e nos enveredarmos no universo desconhecido dos técnicos que nos tratarão como idiotas e poderão cobrar quanto quiserem, mais uma fragilidade exposta.

Sloterdjik

E na dimensão virtual, onde podemos nascer e renascer infinitas vezes na gamificação que as redes sociais importaram dos consoles, atiramos nos outros sem pensar que elas serão impactadas. Afinal de contas, é tudo um grande jogo.

Agimos com uma monstruosidade intensa e perversa nesta dimensão, em contraposição à fragilidade de nossa existência física, exposta e metaforizada todos os dias através de nossos aparelhos eletrônicos, que ironicamente são o canal de conexão com o mundo virtual.

--

--

pesquisador do comportamento humano, tendências e arte

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store